ACADEMIA DE ARTES, CULTURA E LETRAS DE MARATAÍZES

Início » Acadêmicos Imortais » Cadeira n. 16

Cadeira n. 16

ANDRÉ LUÍS SOARES – PATRONÍMICO DE NARA LOFEGO LEÃO

.

André Luís Soares

.

André Luís Soares nasceu em Brasília em 6 de outubro de 1964, mas criou-se no Rio de Janeiro, sob a influência poético-musical da bela Copacabana dos anos 70 e 80. De volta à Capital Federal na adolescência, estuda Ciências Econômicas pela Universidade Católica de Brasília; abre escritório de consultoria, onde trabalha por mais de quinze anos. Quanto à arte, envolve-se com o teatro local e, em 2004, sua peça ‘Livre Negociação’ fica em quarto lugar no concurso do SESC/DF, sendo apresentada mais de cinquenta vezes.

Em 2005 muda-se para Guarapari (ES), onde sua produção literária ganha intensidade. No ano de 2006, dois de seus poemas (‘O Bárbaro’ e ‘Dinheiro’ – esse último, em parceria com Dayse Sereno) viram notícia nos cadernos de cultura dos principais jornais paulistanos, ao serem inseridos na peça ‘Ritual dos Sete’, do ‘Grupo Sensus’ – renomado corpo de teatro e dança dirigido pela atriz Thereza Pfiffer. No ano de 2007, seu poema ‘O Menino de Beirute’ vence concurso da entidade cultural paulista ‘Navegante nas Estrelas’; mesmo ano em que o poema ‘Mulher Carioca’ vence concurso que elegeu o texto que comporia o catálogo da campanha primavera-verão 2008, da grife ‘Branca Maria’, de Petrópolis (RJ). Em 2008 é indicado ‘Cônsul de Guarapari’, pela ONG internacional ‘Poetas del Mundo’.

Em 2011, lança o livro ‘Gritos Verticais’ pela editora Clube dos Autores, o que lhe vale o ‘Prêmio Cláudio de Sousa’, na categoria ‘Melhores Livros de Poesia 2012′, da Associação Internacional de Escritores e Artistas – LITERARTE (RJ).

Em 2012, o poema ‘Fugindo Numa Tela de Van Gogh’ fica em segundo lugar no III Prêmio Literário Legislativo de Caçapava do Sul (RS); seu conto ‘O Medalhão’ vence o Concurso Nacional Alípio Mendes, do Ateneu Angrense de Letras (RJ); seu soneto ‘Homeopatia’ vence o concurso literário nacional do Instituto Hahnemanniano do Brasil (RJ); a crônica ‘O Universo Vivo das Palavras’ vence o 18º Concurso Literário Internacional Gaya Rasia Alpas 21 (RS) e, ainda em 2012, o miniconto ‘Sequela do Segredo’ e o poema ‘Terapia de Jardinagem’ vencem, nas respectivas categorias, o Concurso Literário Nacional da Academia Caxiense de Letras (RS).

Em 2013, o poema ‘Poesia em Carne Viva’ venceu o concurso nacional ‘Poesia – Lâmpada Para o Coração’, promovido pela Editora Litteris (RJ), conquistando, ainda, o segundo lugar no XXII Concurso Nacional Augusto dos Anjos, em Leopoldina (MG); o conto ‘O Menino Que Conversava Com os Livros’ venceu o IV Concurso Nacional ‘Mãos Que Falam’, promovido pela entidade ‘Alma Brasileira’, de Salvador (BA), vencendo também o XIX Concurso Literário Internacional Gaya Rasia Alpas 21 (RS). Nesse mesmo ano, o autor recebeu o ’Prêmio Carlos Drummond de Andrade – Destaques do Ano’, na categoria ‘Literatura’; seu poema ‘Direito Autoral’ recebeu o ‘Prêmio Luso-Brasileiro’, conferido pela LITERARTE (RJ); seu conto ‘Reviravoltas’ venceu o I Concurso Literário de Nova Friburgo (RJ); ficando em segundo lugar no XI Concurso Nacional Paulo Setúbal, promovido pela prefeitura de Tatuí (SP); o ‘Soneto da Culpa em Pedro’ conquistou o segundo lugar no XXII Concurso Internacional ‘Sebastião Benfica Milagre’, promovido pela Academia Divinopolitana de Letras (MG); sua crônica ‘Nepotismo – O Vício Secular’ venceu o IV Concurso Nacional ‘Pérolas da Literatura’, promovido pela Secretaria de Cultura do Guarujá (SP); o conto ‘Tiramissu’ e a crônica ‘A Justiça nas Vitrines’ venceram, nas respectivas categorias, o XX Concurso Literário Internacional, promovido pela Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete (MG), mesmo certame cujo texto ‘O Poema’ conquistou segundo lugar; seu livro ‘Os Irmãos Malês’ venceu o ‘Prêmio Nacional Novelas Históricas da Bahia’, promovido pela Fundação Pedro Calmon, com lançamento previsto para 2014.

Em 2014, seu texto intitulado ‘O Poema’ venceu o XI Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus; a poesia ‘Onde Não Há Natal’ venceu o concurso ‘Mil Poesias de Natal’, promovido pela Academia Mateense de Letras, de São Mateus (ES); o poema ‘Milagre Campestre’ venceu o I Concurso Nacional ‘Pé de Poesia’, promovido pela prefeitura de Nova Odessa (SP).

Amante de todas as artes, concentra seu trabalho na poesia, no conto e na crônica, havendo também se aventurado na prosa e em roteiros para teatro. Sua obra soma mais de dois mil textos registrados na Fundação Biblioteca Nacional/EAD (RJ), em vasto conjunto literário, que vai do romântico e erótico ao social e político, passando pelo filosófico e pela poesia infanto-juvenil. Tudo isso contribui para fazer do ‘Gritos Verticais’ um dos blogs mais conhecidos e bem comentados da web nacional.

É membro efetivo da Academia de Artes, Cultura e Letras de Marataízes (AACLM-ES), onde desempenha as funções de Tesoureiro e de Diretor Literário, responsável pelos I e II concursos de poesia ‘Narciso Araújo’, realizados entre 2012 e 2014. É membro correspondente da Academia de Letras e Artes da Serra (ALEAS-ES); da Academia Mateense de Letras (AMALETRAS-ES); da Academia de Artes de Cabo Frio (AACF-RJ); da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo (ACLAC-RJ) e da Academia de Letras e Artes de Fortaleza (ALAF-CE).

No Espírito Santo, é membro da equipe de xadrez que representa Guarapari (ES) em torneios estaduais e nacionais. Como fotógrafo amador, registrou – em fotografia de alta definição –, mais de dez mil orquídeas produzidas nos principais orquidários capixabas. Uma mostra de seu trabalho pode ser vista no blog ‘Orquidáceas’.

Incentivador da comunicação e da arte, motiva pessoas a experimentarem o prazer da expressão literária, além de difundir o respeito aos direitos autorais. Atualmente, está escrevendo dois livros: um de poemas (‘Palavras de Sal e Sol’); outro de contos (‘Contos dos Quatro Cantos’).

Assíduo em certames literários, as premiações conquistadas garantiram sua participação em mais de vinte antologias, ao lado de grandes nomes da literatura brasileira contemporânea, levando o autor a se tornar colaborador do blog ‘Concursos Literários’, vencedor do ‘Prêmio TopBlog 2012′, categoria: ‘Literatura – Blog Profissional’.

.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s